Processo Judicial movido pelo Metasita irá injetar R$ 3.000.000,00 (três milhões de reais) na economia do Vale do Aço, principalmente em Timóteo

Processo Judicial movido pelo Metasita irá injetar R$ 3.000.000,00 (três milhões de reais) na economia do Vale do Aço, principalmente em Timóteo

Em 21 de maio de 2014 o METASITA entrou com uma ação coletiva contra a Aperam, cobrando diferença de adicional de periculosidade para os trabalhadores expostos a risco elétrico.
Serão 555 trabalhadores que terão direito a receber, totalizando R$ 3.000.000,00 (três milhões de reais).

Após muita luta do METASITA, na data de 04/05/2020 a empresa realizou o pagamento do valor devido em uma conta judicial, sendo que na data de 26/05/2020 o Juiz da 3ª Vara do Trabalho de Coronel Fabriciano, então, determinou a expedição ao Banco do Brasil (instituição bancária onde a empresa realizou o pagamento) de autorização para movimentação da conta judicial e liberação do valor devido no processo coletivo de diferença de adicional de periculosidade.

Assim que o Banco do Brasil for intimado ele irá transferir o valor devido aos trabalhadores para uma conta bancária do Sindicato METASITA, que então irá iniciar as transferências para os trabalhadores.

Conforme dito, por enquanto o valor NÃO está na conta do Sindicato,
ou seja, temos que aguardar o Banco do Brasil cumprir a ordem
do Juiz.

Mentirosos e caluniadores

Se alguém anda dizendo por aí que o dinheiro já está na conta do METASITA, e que nenhum trabalhador precisa contribuir para fortalecer o Sindicato que defende o seu interesse, saiba que o tiro saiu pela culatra. Os trabalhadores conhecem a história, e sabem da responsabilidade e das intenções de cada um.

A história do METASITA não será manchada por mentirosos e caluniadores. Os trabalhadores sabem que na hora que o dinheiro entrar na conta, imediatamente ele será transferido para quem de direito.

Trabalhador/a, o Sindicato é Você

É necessário que o trabalhador compareça ao METASITA para informar seus dados bancários para que o seu valor possa ser transferido assim que o Banco do Brasil cumprir a ordem judicial de transferência.

Quanto à contribuição de cada trabalhador, está muito claro que o pedido é de uma contribuição, uma ajuda para fortalecimento do Sindicato, e vai da consciência de cada um.

Fonte: Imprensa Metasita 08/06/20

Posts