O Metasita não pode ser usado como trampolim para alguém se eleger

O Metasita não pode ser usado como trampolim para alguém se eleger

O ex-presidente expulso por malversação do patrimônio coletivo enviou email solicitando desincompatibilização para cumprir o determinado pela justiça eleitoral e poder se candidatar no pleito das eleições municipais deste ano.

REFRESCANDO A MEMÓRIA
Antes, esse ex-presidente tentou 2 vezes a eleição para vereador.

Em 2016, com menos de 6 meses de mandato de presidente se desincompatibilizou para ser candidato a vice-prefeito. Nas eleições extemporânea 2018 quis novamente ser candidato, porém o partido ao qual ele é filiado, decidiu por não disputar o pleito. E agora, quer novamente disputar as eleições municipais.

Os interesses desse senhor não são sindicais, mas alcançar projeção usando a entidade dos trabalhadores para se eleger a algum cargo.
Portanto, por ter sido expulso por malversação, não há de se falar em desincompatibilização, uma vez que ele não é mais diretor do Metasita.
E aí trabalhador será que estão querendo te usar?

Fonte: Imprensa Metasita

Posts